Na sombra…

Porra, tou outra vez deprimido
Começo a lembrar-me
Porque a vida não faz sentido

É a Solidão
Quem traz de volta a depressão

Escrevo estas palavras
Para expressar o que sinto
Mas não resulta
E cá dentro há uma luta
Para expulsar este lado mau
Que me prende e prejudica
Mas a minha mente não acredita
Que ainda é possível
Encontrar a felicidade
Que não dure só um momento
Mas por toda a eternidade.

Porra, detesto sentir-me assim
Mas a escuridão apoderou-se de mim
Não me larga, não me liberta
Nem deixa uma janela aberta.
É uma prisão para a minha alma
Eu tento manter a calma
Apreciar o momento
Não divagar
Mas não está a resultar
Ainda estás aqui
E não queres sair.
Eu sei que te vou vencer
E quando esse dia vier.
Nao vou mais te ver.
Se deus o quiser.

Vou pegar na guitarra
Tocar até de madrugada
E quando a manhã chegar
Espero ter a alma iluminada

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s