Indecisão…

Não sei o que quero
Não sei para onde vou
E não sei o que fazer
Enquanto aqui estou.

Não sei que caminho
Eu hei-de escolher
Mas sei que acabarei
Por morrer

Não importa
que escolha faça
para mim a vida
já perdeu toda a graça.

Não sei se vá pela esquerda
Ou pela direita
Só sei que nunca na vida
A vida vai ser perfeita.

Não sei o que é melhor
Não me consigo decidir
E tenho pavor
De não saber por onde ir

Queria fazer tanto
Mas acho que sonho demais
Porque não somos estúpidos
Como os outros animais?

Nunca sabemos nada
Ou então sabemos demasiado.
Queremos um melhor futuro
Mas nunca aprendemos com o passado.

Não sei
Nunca saberei
E quanto mais descubro
Mais há para saber.
Ou vou ser burro
Ou aprender até morrer.

Não quero, não posso
Estou farto
Passamos a vida toda
Á espera do momento exacto.

És só tu poesia
Quem me alivia
Tens um cheiro a maresia
Que me guia
Eu, que não sei onde ia
Sinto que amanhã é um novo dia.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s