O fim

Quero morrer
tenho a cabeça a doer
não tenho nada a perder
e mesmo que tenha
não quero saber.

Quero passar para o outro lado
estou cansado
deste destino, deste fado.

Não quero liberdade
não quero felicidade
não quero ser esperto nem burro..

.. quero que me deêm um um murro
que me arranque a cabeça
e ninguém me reconheça.

Não me ponham flores na campa
nem de plástico, nem de verdade
nem ponham nome nem lápide
só um pouco de terra em cima.

E para acabar esta rima
só vos dou dois conselhos
queiram viver agora
antes de serem velhos
e enquanto são fedelhos.

Pois esta vida é uma merda
não se aprende nada
e quando se aprende
só se quer esquecer…
… ou morrer.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s